sábado, 13 de agosto de 2011

poema de um amor azul



Teu carinho é bem-te-vi,
teu beijo é colibri,
teu abraço é de águia,
teu cheiro é flor de lis,
teu amor é seiva de raiz.
Ao acaso, bem assim,
sou azul, estou feliz.

foto: Ugo Perissinotto

Um comentário:

Jardson Pires disse...

poeminha lindo...
abraços!!