quinta-feira, 30 de junho de 2011

Plantar um bosque na alma e curtir a sombra, o vento, as crianças, o sossego. 
Não precisam ser reais. 

Eu até acho que a realidade não existe: existe o que nós criamos, sentimos, vemos ou simplesmente imaginamos.

Lya Luft

domingo, 26 de junho de 2011


As ondas trazem certezas
que se quebram na areia.
O vento e a maré
levam de volta,
brincando com o tempo.

Nada é certo.
Nem tão justo ser,
como devera
seria.

foto: Ugo Perissinotto

segunda-feira, 20 de junho de 2011

bom dia !



Voa flor,
roda o mundo,
rompe o dia,
acorda o amor.

Gira a flor,
arde ao sol,
declara o amor,
no seu bom dia.

Bom dia, amor!
Bom dia, flor!
Bom dia, dia!

foto: Ugo Perissinotto

quinta-feira, 16 de junho de 2011

namoro


me ilumino
na sombra do teu beijo
me escondo na luz do teu abraço
sou teu segredo
e danço
no encanto 
do teu amor


foto: eclipse
Ugo Perissinotto

domingo, 12 de junho de 2011

um certo amor



Já era encantamento,
antes de saber-se sedução.
Já era rima,
antes de saber-se som.
Já era forma,
ainda que não tivesse contorno.
Já era flor,
antes de sentir-se semente.
O que sempre foi paz,
mesmo antes de saber-se amor.



foto: Ugo Perissinotto - amor etrusco - Museu de Volterra


quinta-feira, 9 de junho de 2011

ah! meus sonhos...



Me encontro
nas tuas mãos.
Estou na tua mão
e nos teus passos.
Nos teus dedos calmos,
caminho no teu universo.
Ah! meus sonhos...


foto:Ugo Perissinotto




domingo, 5 de junho de 2011

boa sorte


Nas últimas manhãs
tenho acordado com passarinhos
cantando na minha janela.

No meio da cantoria
eu me levanto,
abro a janela e eles voam.

Deve ser um sinal de boa sorte,
de bons caminhos
pra seguir e voar.

foto: Ugo Perissinotto