quinta-feira, 29 de julho de 2010

no jardim


cores 
flores
perfumes
...
vida
em cor
rosa
...
verso 
em cor
de ver

foto : Ugo Perissinotto
sol  na Lagoa dos Patos, RS.
 foto www.nosmaresdedentro.com

sábado, 24 de julho de 2010

conexão

Escrever é um desígnio divino. 
É a conexão com a fonte e a força criadora matriz da terra.
É Deus em ação.
O que antecede as palavras escritas ou faladas foram antes um pensamento e uma intenção.
Antes de tudo isso estar escrito aqui, tudo foi uma intenção, ou uma intuição, um chamado, uma sensação.



Nathalie Favaron - 

gentileza

"Gentileza não é dizer "sim" a tudo e a todos. Não é se sentir feito de bobo, sobrecarregado ou desrespeitado em suas opiniões e em seus limites. Muito pelo contrário! Gentileza tem a ver, antes de mais nada, com aprender a enxergar o outro e a si mesmo, reconhecendo suas qualidades e suas limitações e encontrando maneiras de dar o melhor de si sem precisar chegar à "gota d'água" para só então se colocar e reivindicar seu espaço.

Gentileza tem a ver com criatividade e produtividade. Tem a ver com flexibilidade, inteligência, disposição e amor. Sim, amor! Amor fraternal, daqueles que servem como vitamina para nos capacitar a superar desafios da convivência, diferenças na hierarquia, divergências de personalidade e crenças. Enfim, para conseguirmos mediar os conflitos e chegar a um consenso, sempre que for preciso. E sempre é!" 
Rosana Braga
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=10046

rumos






duas vidas
tomaram rumos diferentes

não havia atalho
para o amor...

melhor mudar o rumo dessa prosa...











quarta-feira, 21 de julho de 2010

terça-feira, 20 de julho de 2010

Corrê(i)a de pérolas

Formavam um colar precioso.
Pérolas verdadeiras
que a natureza
sabiamente trabalhou
com fortaleza.
De tão ásperas,
tinham brilho singular,
suaves,
ligadas por uma Corrêa
forte...
como raízes
de um jacarandá
ou de um famboyant.
O tempo separa 
elos de um precioso colar,
mas sabiamente,
os devolve
ao seus lugares.
merecidos .
Descanso!!
Sobram perolinhas
se formando entre as cascas,
novas ostras
Algumas já com formato de grossas raízes
novos jacarandás.
A Corrêa de pérolas vai se quebrando
mas não se apaga o brilho, a luz, 
a calma, a paciência
vivências...
a sabedoria desejada,
a garra herdada.
Preciosas pérolas.
Preciosas Corrêas.
............................................................................................................
As pérolas são produzidas através de um processo natural. Podem ser encontradas dentro de um molusco que dá pelo nome de ostra. Na verdade é um simples processo de proteção destes animais, ou seja, a forma de se proteger de corpos estranhos que entrem nestes moluscos, para que estes não ponham em risco a sua integridade. Uma pérola (também designada por margarita) é um material orgânico duro e esférico produzido por alguns moluscos, as ostras, em reação a corpos estranhos que invadem o seu organismo, como um grão de areia. (wikipedia)





domingo, 18 de julho de 2010

constelações


Noite dessas,
andando pelos caminhos do bem,
tive o privilégio de estar
onde o céu se exibia
azul escuro, 
com seu tesouro de brilhantes
piscando pra mim

Parecia só pra mim,
tanta beleza...

Privilégio de poucos olhares...
ao compatilhar
tão mágico cenário
agradeci .

Me reportei às montanhas
e lembranças
das minhas Minas Gerais

Não sei se eram boreais, 
austrais ou zodiacais.
Para mim foram todas
fundamentais

Cruzeiro do Sul, Três Marias,
Cão Maior com Sírius e Procyon
Pegasus , Andromedra....

Eram tantas...
constelações nos meus olhos,
sintonizadas entre si
para brilhar para mim,
que naquele momento
de cada uma fiz,
à minha revelia,
constelações familiares

Foi como se eu
as tocasse todas
uma a uma,
mudando as posições,
contando as histórias
desvendando mistérios
que me trariam a paz.




sábado, 17 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

grande amor



Grande amor chega
sorrateiro, sem aviso
toma seu espaço
e sabe a sua forma

Grande amor é aquele
que nunca se duvida
nem se mede
porque é pleno

Grande amor se vive
com acordes,
não acordos, ou preliminares
se consuma no olhar

Grande amor, quando se tem
de passagem
fica sempre como ausência
nunca falta

Grande amor, quando se vai
não se espera a volta
se sente como sabor
de missão cumprida

Mozart no violão

video

terça-feira, 13 de julho de 2010

chuva boa....

prazenteira....

a alegria de respirar 
o ar úmido,
limpo
se traduz
em dois momentos:


um
imediato da chuva
e outro
de  criar,
cantar,
de lavar a alma
e ficar "para sempre"...
regando canteiros
de quem tem  roseiras


http://www.youtube.com/watch?v=F68Q-sgd6Gg&feature=player_embedded#!

quinta-feira, 8 de julho de 2010


Enquanto paro
e a vida passa
só o que
não passa
me agita
contido
aflito 
cravado
como se fosse
amor





Foto: Ugo Perissinotto

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Entre tantos


Tanto o que se pensa
e não se vê

Tanto o que se vê
e não se toca

Tanto o que se toca
e se deixa

Tanto o que se deixa
e se ressente

Tanto que se sente
que se inventa

Entretanto
tanto nada
ninguém